quarta-feira, 26 de maio de 2010

Columbofilia, columbismo ou columbicultura é a prática da criação de pombo correio.


  Columbofilia, columbismo ou columbicultura é a prática da criação, seleção e cultivo de pombos-correio para competição. Noções Gerais Columbofilia é a uma modalidade desportiva relacionada a corrida entre pombos-correio. Columbófilos (criadores de pombos-correio), potencializam capacidades físicas e de orientação, para participação de campeonatos. Eles desenvolvem velocidades de até 87 a 102 km/h, em distâncias que podem chegar a pouco mais de 1.200 quilômetros. No Brasil, competições são realizadas anualmente de maio a outubro. A inserção do pombo-correio no Brasil, começou pelo Exército Brasileiro para fins de "Comunicações". 1.000.000 de pombos-correio, é a população estimada de pombos-correio no Brasil. Os Estados de Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Sergipe, Paraná, Rio Grande do Sul, Bahia, Ceará, Mato Grosso e Espírito Santo; detém de columbófilos reconhecidos até internacionalmente. Características do Pombo-correio O atual pombo-correio é o fruto de cruzamentos de algumas raças belgas e inglesas, efetuadas na segunda metade do século XIX. Esse padrão de pombo foi continuamente selecionado a fim de apurar duas características principais: a capacidade de orientação e um morfótipo atlético. O pombo-correio caracteriza-se, principalmente pelas seguintes propriedades: vivacidade; velocidade de vôo; penas abundantes, brilhantes e de elevado coeficiente aerodinâmico; rabo sempre fechado quando em vôo; pescoço, fortemente implantado e esguio; grande resistência à fadiga. O peso médio nos machos está compreendido entre 425 a 525 gramas e 480 gramas nas fêmeas. É capaz de percorrer num só dia claro, distâncias de 700 a 1.000 Km, a velocidades médias superiores a 90 kms por hora. Revestimento Corporal: Penas A plumagem nos pombos-correio cumprem vários fins: formam uma capa termo-isoladora, organizam as superfícies impulsoras da asa e dão ao corpo a forma aerodinâmica característica. Existem diferentes tipos de penas: as de contorno; o "duvet"; as filopenas; o "duvet" empoado. São penas de contorno, as remiges(penas maiores das asas), as rectrizes(pena da cauda) e as tectrizes(penas de cobertura). O "duvet" é a penugem, a qual deve ser abundante e sedosa. As filopenas transmitem informações sobre o movimento e as vibrações das penas de contorno aos receptores nervosos. O "duvet" empoado contém um fino pó branco constituído basicamente por queratina. Este pó é o responsável pela resistência destas penas e repelem a água. As penas são implantadas na pele em campos, segundo um padrão fixo. A cor das penas é variada, sendo as mais comuns: azul, vermelho, castanho claro, malhado, bronzeado, preto e branco. As penas do pombo renovam-se cada ano, designando-se esta atividade fisiológica como muda e deve ser perfeitamente conhecida pelo columbófilo, porque representa um momento crítico na vida desportiva do pombo-correio: qualquer falha ou doença, nesta fase, reduz visivelmente a capacidade de competir nas grandes provas. São consideradas as penas mais importantes as das asas e da cauda. Columbofilia no Mundo Em Portugal, competições são realizadas anualmente de Março a Junho. Portugal tem o desporto da columbofilia, como o segundo mais popular deste país, contemplando com 4.500.000 pombos para fins desportivos. De organização impecável e informatizada em praticamente todos os setores, lidera o mundo em seu conceito administrativo, campeonatos, técnicas e alta comercialização em produtos relacionados ao esporte. Bélgica, Holanda, Alemanha tem sido fortes concorrentes em grandes campeonatos mundiais, atrelada a sua tradição. Na China, grandes apostas inflamam corridas milionárias; assim como na África do Sul. Nas Ilhas Canárias(Espanha), a columbofilia se destaca não só pelo número de aficcionados, mas pelas corridas oceânicas(por sobre o mar); de elevado nível técnico. Histórico Cronológico e Jurídico da Columbofilia no Brasil 31/05/1903 – Fundação da Sociedade Columbófila Brasil onde funcionou até o ano de 1950. 16/06/1930 – Fundação da Sociedade Columbófila Paulista. 10/08/1935 – Fundação da Sociedade Columbófila A. Rolinha em atividade até hoje. 06/07/1933 – Decreto nº. 22.894 – assinado pelo Presidente do Brasil Getúlio Vargas criando a Confederação Columbófila Brasileira, como órgão integrante do Ministério da Guerra, sendo considerado uma sociedade de utilidade pública, gozando dos benefícios e incentivos fiscais. 22/02/1934 – Decreto nº. 23.904 – alterou a composição da diretoria da Confederação Columbófila Brasileira, apontando como novos diretores, a alta direção do Ministro de Estado da Guerra e o Diretor do Serviço Telegráfico do Exército. 22/02/1934 – Decreto nº. 23.905 - aprovou o regulamento da Confederação Columbófila Brasileira, assinado pelo General de Divisão Pedro Aurélio de Góes Monteiro, Ministro de Estado da Guerra. 1951 – Ano de Fundação do Clube Columbófilo Limeirense - SP 27/07/1960 – Decreto nº. 48.631 – assinado pelo Presidente Juscelino Kubitschek subordinando a Federação Columbófila Brasileira à Superintendência do Conselho Nacional de Desportos, órgão do Ministério da Educação e Cultura, como órgão exclusivamente civil, e manteve seu status de utilidade pública. 18/11/1971 – Decreto nº. 69.547, assinado pelo Presidente General Emílio G. Médici, que revogou o Decreto nº. 48.631, e consequentemente, voltou à subordinação da Confederação Columbófila Brasileira ao Ministério da Guerra. 10/05/1991 – Decreto sem número, publicado no Diário Oficial da União de 13 de maio de 1991, assinado pelo Presidente Fernando Collor, que revogou o Decreto nº. 22.894 de 6 de julho de 1933, ou seja, cancelou a criação da Confederação Columbófila Brasileira. 24/07/1993 – Criação da Federação Columbófila Brasileira, associação civil de direito privado, sem nenhum apoio financeiro, para representar o país, centralizar e direcionar a columbofilia brasileira.

2 comentários:

  1. bebedor para pombo
    temos bebedor para pombo
    e comedor
    otimo preço

    marcio
    belo horizonte
    email minibomba@bol.com.br

    ResponderExcluir
  2. oi Enaldo, meu facebook: https://www.facebook.com/cdjose/posts/10151488402053067?notif_t=like

    Para vc conhecer a hsitoria do pombo, que te falei por telefone.
    abraços

    Jose Antonio

    ResponderExcluir